“Toda verdade sobre a proposta de Denny OG para que os músicos façam Pandza” – José D Júnior

“Toda verdade sobre a proposta de Denny OG para que os músicos façam Pandza” – José D Júnior

- in Opinião

Por: José D Júnior | Last STK

Assunto Denny OG | reparo e observação

Pensando bem Denny Og tem razão, porém não absoluta.

Foi fazedor de Rap, depois Pandza, depois não sustentou a carreira, ficou no tempo e só deixou legado e reconhecimento, isso graças ao seu potencial e o avalanche do consumo da música nacional em grande escala. “O tempo muda, nada é estático”, vamos logo no assunto em causa:

Não é possivel pôr pessoas a marcharem por uma causa em que já não está na linha da frente, é revolução que o senhor quer? Fique na linha da frente e não aponte o dedo, porque quando fez Rap no seu tempo não tinha nem noção que viria a ser descoberto um estilo musical, cujo mesmo não identifica Moçambique no seu todo.

  1. – É preciso saber se uma boa parte da pátria compactua com a ideia de Pandza identificar-nos como estilo nacional;
  2. – Não é necessário julgar outros estilos músicas feito fora e importados e quando são são internamente feitos, é com muita qualidade e boa execução dai que transmitimos admiração além fronteira;
  3.  – “Este último ponto, pode transmitir uma ignorância dependo de ângulo que é observado”. O artista não se limita em um único estilo, embora tenha um que o identifica, a escolha de fazer e deixar de fazer um estilo depende do artisa, ou seja, é individual, não apontamos dedo a nenhum artista na diáspora por escolher fazer algo diferente, o que importa é o produto final, “Yaba Buluku” é um exemplo claro, um estilo importado e bem executado rendeu admiração de um artista que em tempos não se fez muito para que o Pandza estivesse no mesmo ritmo (questão globalização).

Conclusão: O artista pode fazer n estilos musicais que lhe convém fazer, o que de alguma forma possa sustentar a carreira, a revolução cultural está no ponto 1. Daí podemos avançar para uma próxima etapa.

A geografia deve fazer parte do líder, Quelimane não é província é cidade da província cujo nome é Zambêzia. Este está no centro do país e não no norte como vira a referir no programa “Show Do Fred”.

NB: Este texto não visa excitar polémica, mas,analisar minuciosamente o assunto PANDZA no país.

“Eu curto de Pandza e ainda danço porque adoro …”

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *