Quarta edição do Festival Poetas D’Alma presta tributo a José Craveirinha 

Quarta edição do Festival Poetas D’Alma presta tributo a José Craveirinha 

- in Eventos, Literatura, Notícias

Pelo quarto ano consecutivo, a cidade de Maputo recebe poetas e artistas multidisciplinares para o Festival Internacional de Poesia e Artes Performativas – Poetas D’Alma. Marcado para a última semana de Outubro, de forma itinerante em diversos espaços culturais, o evento acontece sobre o mote “O cidadão do futuro”, em homenagem ao maior poeta de Moçambique, José Craveirinha, alusivo ao seu centenário.

O cidadão do futuro” é um tema inspirado pelo célebre texto “Poema do futuro cidadão”, que coloca-nos diante de um cenário utópico de uma “nação que ainda não existe”, porém é pertinente no mundo que ainda está a enfrentar uma pandemia e tensões políticas e económicas entre as nações do mundo. Como os artistas e a sociedade civil se posicionam frente às nossas novas realidades, necessidades e desafios. Com este tema pretende-se costurar uma linha curatorial e conceitual durante toda a programação.

De acordo com a nota de imprensa enviada à Moz Entretenimento, a quarta edição do festival contará com mais 50 artistas, resultando em 50 performances, quatro mesas redondas, três workshops e três espectáculos, entre exposições, visitas guiadas e feiras de livros, discos, artesanato e gastronomia.

Trata-se de uma programação pensada em quatro eixos, nomeadamente, performance, educação, imersão e infância. O primeiro eixo contempla exibições de artistas de vários países; o segundo envolve workshops, mesas redondas, rodas de conversa e outras actividades educativas; o terceiro propõe trocas imersivas para que se possam construir novas pontes globais da literatura e o quarto é pensado para acções formativas que atendem aos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável.

O colectivo Poetas D’Alma completa 20 anos neste 2022. O conceito chave de sua intervenção no cenário cultural é a poesia em sua transversalidade com as outras linguagens artísticas e performáticas. Acaba por ser uma montra mundial de artistas que se dedicam às diversas poéticas. Em seus anos de actuação, tem como principais realizações: Sarau Noites de Poesia, com 20 anos de existência; várias edições de Clave de Soul, Soul’Acústico e três edições do Poetas D’Alma – Festival Internacional de Poesia e Artes Performativas.

O festival é uma iniciativa independente da Pl’Arte D’Alma que possui três edições realizadas desde 2019, e surgiu como pretexto de celebração dos 15 anos das renomadas Noites de Poesia, evento cultural de carácter transnacional que visa celebrar a poeticidade da palavra e as diferentes formas de expressão em palco. 

Durante os três anos do projecto, o festival recebeu 80 artistas de mais de 20 países diferentes, de forma integralmente presencial em 2019; 45 artistas de 14 países diferentes de forma quase totalmente virtual em 2020; e 68 artistas de 35 países diferentes em formato híbrido no ano de 2021, sendo que 15 destes artistas vieram presencialmente a Moçambique.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.