“Muitos cantores moçambicanos batem na rocha por fracasso no marketing das suas obras” – Jeremias Gotine

“Muitos cantores moçambicanos batem na rocha por fracasso no marketing das suas obras” – Jeremias Gotine

- in Opinião
Woman listening to music in double color exposure effect

Moçambique é um país rico quando se fala da arte, mas com uma má gestão na exposição, e isso nota-se também no mundo da música, que é o assunto a ser tratado minuciosamente neste artigo, olhando para a quantidade de produtos expostos no mercado, assim como a qualidade da sua distribuição nas plataformas digitais, rádios e televisões, desde o primeiro dia em estúdio até a data do lançamento para o consumo público.

No nosso belo Moçambique, os cantores normalizaram o lançamento das suas músicas de forma surpreendente e na maioria das vezes anunciam a data do lançamento um dia antes da estreia e o produto acaba atingindo poucas pessoas, resultando em “Rocha” (para uma matéria ao pessoal do “National Geographic”). Tudo isso vem do “Estrelismo”, pois quando um cantor começa a ter facilidade em aparecer nas telas televisivas, automaticamente coloca-se no trono e acredita que os consumidores da música nacional já estão a “lamber os seus pés”.

Mau uso das redes sociais

Já está à vista de todos, que os nossos cantores têm conhecimento do poder das plataformas sociais como Facebook, Whatsapp, Instagram e Twitter, mas a ignorância e desprezo  consome-lhes drasticamente, por exemplo, um cantor que usa essas redes de 01-30 dias, mas comenta algo sobre seu material musical no máximo 05 dias, e dá prioridade a “Lifestyle”, esse artista não sabe vender suas obras e por conseguinte é o primeiro a comentar que em Moçambique não se consome produto nacional e esquece que só ele pode fazer com que o produto seja consumido devidamente.

Parcerias de marketing

Nos outros países é normal um cantor ter espaço de antena nos espaços comerciais de Blogs, Rádios e Televisões, mas na nossa pátria amada os cantores encaram isso como um gasto desnecessário, e raramente encontramos obras artísticas em destaque nestes meios de comunicação social, apesar de que estes meios têm uma audiência de personalidades diversificadas por conta de conteúdos que oferecem e ajudam na promoção para atingir outros públicos e rentabilização no caso de vendas de música, EP e álbun.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *