“Mega TV: O bebê que assustou gigantes da mídia moçambicana” – José XPIÃO

“Mega TV: O bebê que assustou gigantes da mídia moçambicana” – José XPIÃO

- in Opinião, Televisão

Por: José Carlos Maria XPIÃO

Terminou, no último domingo (11), o maior “Reality Show” de Moçambique, denominado “Fica Em Casa“, organizado pela Mega-Rádio & Televisão, SA e parceiros.

Uma ousadia televisiva que merece atenção nacional, afinal, para a nossa mídia foi um marco importante e mitológico, não restam dúvidas.

Organizar um “Reality Show” não é fácil em nenhuma parte do mundo, mais ainda em Moçambique pelas várias dificuldades que enfrentamos no nosso dia-a-dia, desde a inveja, ódio, sabotagens, caranguejismo, mitos sociais, psicológicos, económicos e financeiros.

Havia condições para tudo dar errado, todas as marés vivas remavam para uma situação catastrófica, principalmente em tempos de pandemia, mas ninguém imaginava nesse país que uma Televisão recém criada seria capaz de tamanho atrevimento e organizar algo do gênero.

A Mega TV acaba de ganhar pontos a nível nacional e internacional, na verdade, é um caso para afirmar que aquela televisão entrou no radar de muita gente, com isso, toda a imprensa moçambicana leva vantagens.

Existem muitas lições que podemos tirar a partir da mega produção que acompanhamos durante o reality, ora vejamos pelo menos 10:

  • Não menosprezar qualquer pessoa, organização, instituição ou empresa pelo seu tamanho;
  • Os “pequenos” são capazes de concretizar grandes projectos;
  • Para a concretização de um sonho, basta acreditar e dar o primeiro passo;
  • Camarão que dorme, acorda na frigideira;
  • Correr não é chegar e atrasar não é faltar;
  • As pessoas falam por tudo e nada;
  • A televisão (no cômputo geral) moçambicana ainda vai a tempo de fazer algo extraordinário;
  • Trabalho em equipa é de extrema importância;
  • Não se pode mensurar a capacidade de um sonhador;
  • A criação e produção de conteúdos para TV deve ser levada com muita seriedade.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *