Edição moçambicana do livro “Sulwe”, de Lupita Nyong’o, lançada em Maputo

Edição moçambicana do livro “Sulwe”, de Lupita Nyong’o, lançada em Maputo

- in Literatura, Notícias

No dia 8 de dezembro, o Cantinho Americano, na Biblioteca Nacional – cidade de Maputo, acolheu o lançamento da edição moçambicana do livro infanto-juvenil intitulado “Sulwe”, pertencente à renomada actriz e escritora queniana, Lupita Nyong’o.

Lançado em Moçambique sob chancela da Editora Trinta Zero Nove, o livro “Sulwe” conta com a tradução portuguesa da editora e tradutora moçambicana, Sandra Tamele, e ilustração da ilustradora norte-americana, Vashti Harrison

No âmbito do lançamento desta obra literária na cidade de Maputo, a cantora Lenna Bahule foi responsável pela leitura encenada que emocionou a todos que estiveram presentes.

Vale lembrar que livro “Sulwe” conta uma estória emocionante de uma menina que aprende a amar a sua pele escura como a meia-noite. 

Conheça a  Lupita Nyongo’o

Lupita Nyongo’o é uma  actriz e realizadora Queniana. Celebrizada pelo seu papel em 12 Anos de Escravidão, que lhe mereceu o Prémio da Academia para Melhor Actriz Secundária, além de múltiplos galardões, incluindo o Prémio da Associação de Actores de Cinema, o Prémio da Crítica, o Prémio Espírito Livre e o Prémio NAACP. Desde então, ela estrelou em Queen of Katwe de Mira Nair, Star Wars: The Force Awakens, Black Panther, o recordista sucesso de bilheteira de Ryan Coogler e, mais recentemente em Us, o aclamado filme de terror de Jordan Peele. Nyong’o mereceu uma nomeação para o Tony pela sua estreia na Broadway na peça Eclipsed de Danai Gurira. Lupita vive em Brooklyn.

Saiba mais sobre Sandra Tamele

Sandra Tamele é licenciada em Arquitectura, mas o seu amor pelas línguas e pela leitura impeliu-a a desenhar também projectos literários. Em 2007, publicou a primeira obra que traduziu e, desde então, traduziu 21 romances e colectâneas de contos escritos, entre outros, pelos Prémios Nobel da Literatura Wole Soyinka e Naguib Mahfouz.

Compreendendo a importância da tradução, em 2015 começou a organizar um concurso anual de tradução literária entre jovens moçambicanos, que levou à criação da sua editora Editora Trinta Zero Nove. Tamele e a sua editora foram galardoadas com o Prémio de Excelência Internacional da Feira do Livro de Londres para Iniciativas de Tradução Literária em 2021.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *