Depois 10 anos, Kuvaninga lança a segunda edição o livro “Mutxukumetiwa” de Rei do Gado

Depois 10 anos, Kuvaninga lança a segunda edição o livro “Mutxukumetiwa” de Rei do Gado

- in Notícias

Amanhã, quinta-feira (8/09), a Kuvaninga cartão d’arte, editora e plataforma de produção de livros artesanais, fará o relançamento do livro intitulado “Mutxukumetiwa”, da autoria do escritor moçambicano, Rei de Gado, na Galeria de Maputo.

Trata-se de uma das primeiras obras lançadas pela editora há 10 anos, exactamente no dia 27 de Julho de 2012, juntamente com a obra “Estatuto e Focalização: Modalidades Técnico-narrativas Propensas à Expressão de Ideologias em Godido, João Dias e Portagem, Orlando Mendes”, de Aurélio Cuna.

De acordo com o comunicado de imprensa enviado à Moz Entretenimento, esta reedição de “Mutxukumetiwa” coincide com o lançamento da primeira obra de poesia do Rei do Gado, “Cansado deste tempo”. As duas obras terão a apresentação de Óscar Fumo, num evento que contará com a leitura de textos de Carla Marcelino e apresentação de uma peça de dança por Teresa Kulei.

De acordo com Isolda Munguambe, coordenadora da Kuvaninga, a obra “Mutxukumetiwa” é uma novela que, agora, vai na sua segunda edição, lançada com o surgimento da editora, uma fase embrionária do projecto e, por isso, havia ainda pouca experiência. Deste modo, assume Munguambe, a obra “com este passar de anos, vai reflectir aquilo que é a evolução da própria editora.”

“Mutxukumetiwa” é um livro que fala sobre uma família que se viu separada porque o chefe de família foi trabalhar na África do Sul, a procura das melhores condições de vida e nunca mais apareceu. Portanto, a família viu-se na responsabilidade da mãe e, dessa forma, o filho mais novo que não conheceu o pai, tinha um gosto e talento pela bola o que fez com que fosse descoberto por um profissional, cresceu no mundo da bola e desenvolveu o seu talento como um jogador de sucesso. Ao longo da vida foi conhecendo várias mulheres e assim sendo, desenvolveu um sentimento por uma moça e esse amor resultou num filho mas, infelizmente, foi rejeitado pelo pai, separando-se da mãe.

Maxico, o protagonista da narrativa, torna-se viciado em bebidas, tabacos e, com o tempo, foi deixando o seu talento como jogador no campo, perdendo assim o seu título. No entanto, Maxico mete-se em fuga para a África do Sul, deixando a família para trás. Assim, a avô da criança atribui o nome de Mutxukumetiwa ao seu neto, dando a entender que a criança foi abandonada pelos seus pais.

Nesta segunda edição, “o enredo vai de forma mais profunda e elaborada explicar essas questões. Torna-se mais actual, porque traz aspectos bem relevantes para a nossa actualidade e nos leva à reflexão”, sustenta Munguambe.

Cansado deste tempo”, por sua vez, é uma colectânea de poesia que reflecte vários aspetos sobre Maputo, a vida do sujeito poético, destacando as suas próprias reflexões. 

“Há uma grande expectativa, pois são duas obras que têm um conteúdo que ajuda a reflectir e a pensar sobre a nossa própria personalidade”, finaliza Munguambe. 

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *