Conheça alguns cantores moçambicanos que já cantaram no Coke Studio Africa

Conheça alguns cantores moçambicanos que já cantaram no Coke Studio Africa

- in Curiosidades

O Coke Studio Africa é uma iniciativa que visa proporcionar intercâmbio musical entre os astros da música africana, na qual já participaram muitos cantores moçambicanos de vários estilos musicais

Neste artigo, a Moz Entretenimento preparou uma lista de alguns artistas que já participaram neste grande evento africano para refrescar a sua memória.

Veja a seguir a lista:

Lizha James

Lizha James participou na quarta edição do maior evento da música africana, o Coke Studio Africa, que aconteceu em Nairóbi, capital do Quénia.

Lourena Nhate

A cantora Lourena Nhate participou no Coke Studio Africa 2019.

Mr.Bow

Em 2017, foi a vez do Mr. Bow fazer parte do Coke Studio Africa, onde juntou-se com um dos melhores artistas do continente africano, Jah Prayzah do Zimbabwe, o rapper da Tanzânia, Izzo Bizness e Avril do Quênia.

Shellsy Baronet

Em 2017, o palco do Coke Studio Africa recebeu, pela primeira vez, a cantora  Shellsy Baronet, que teve a chance de alavancar a sua carreira musical, trabalhando ao lado da lenda ugandesa, Eddy Kenzo e do ganês, Bisa K’dei, no Big Break.

Liloca

Em 2017, “Boos Lady” na lista dos artistas moçambicanos que participaram no maior evento de intercâmbio de música africana, onde cantou com Lydia Jazmine.

Dama do Bling

Em 2016, Dama do Bling viajou para Nairobi (Quénia), onde participou do Coke Studio Africa, que juntou um total de trinta e oito (38) artistas, incluindo Nigéria, Quénia, Uganda, Tanzânia, Etiópia, Gana e países do Oeste Africano: Togo e Costa do Marfim.

Neyma, Valdemiro José e Marllen

Estes artistas participaram no mesmo período, que foi na segunda edição do Coke Studio Africa, na qual estiveram 22 artistas de cinco países africanos, que actuaram a solo e com um total de 44 duetos.

Laylizzy

Laylizzy, considerado um dos artistas mais talentosos do Hip-Hop nacional, fez a sua estreia no Coke Studio Africa de 2019 ao lado da cantora ugandesa, Fik Fameica, com suas colaborações produzidas pelo superastro da Tanzânia, Lizer.

Messias Maricoa

O Melhor Artista Africano no Afrika Awards, Messias Maricoa, que também foi indicado ao prémio MTV pelo Listener’s Choice Award, fez a sua estreia no Coke Studio Africa, em 2019, ao lado do artista zimbabweano, Winky D.

Válter Artístico

Valter foi um dos artistas que fez sua estreia no Coke Studio Africa de 2019, onde trabalhou com Rudeboy (Nigéria) e Khaligraph Jones (Quênia).

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.