Conheça as chaves do sucesso do Hernâni da Silva

Conheça as chaves do sucesso do Hernâni da Silva

- in Curiosidades, Opinião

Em Moçambique, procurar por alguém que não goste do rapper Hernâni da Silva Mudanisse, não se difere de procurar por agulha no palheiro, isso é uma missão quase que impossível, e ainda que o encontre, no final a mesma poderá aqui dizer que não gosta, mas, respeita o seu trabalho e a sua influência no Hip-Hop nacional, com destaque aos novos talentos.

Desde os tempos dos​ grupos 360º, visto como um dos grupos que deu inicio ao rap comercial em Moçambique, e Young Sixties, o rapper Hernâni da Silva já mostrava a sua polivalência, e o facto de terem mudado a história do hip-hop moçambicano, foi suficiente para que o mesmo tivesse a atenção do público de todas faixas etárias.

Um rapper sem um nome artístico, para muitos uma fonte de inspiração e motivo pelo qual vários jovens acabam entrando no rap, buscando fazer algo igual ou próximo.

Para refutar a frase, “procurar por alguém que não goste do Hernâni da Silva é procurar agulha no palheiro”, destacamos aqui algumas chaves por detrás desse sucesso eterno.

  • É um jovem multifacetado, canta, escreve e produz. Em suas músicas, num encontro com a versatilidade, aborda vários assuntos ligados a carreira, auto-congratulação, amor, como também assuntos socias num empréstimo de vários estilos linguísticos.
  • É simpático e sempre que pode responde aos comentários, críticas e sugestões de fãs.
  • Não precisa de vídeo para que suas músicas sejam um sucesso, chegando a lançar, para cada projecto musical apenas um vídeo, como por exemplo da sua EP (extend play) Puchlines For Days, que apenas conta com o vídeo da faixa introdutória.

  • Hernâni da Silva tem como seu actual endereço, a capital Portuguesa, concretamente na Linha de Sintra. E é de lá onde aos poucos vai revelando as suas novas metas na indústria musical, e das influências que tem recebido da indústria musical portuguesa. Há um novo Hernâni por descobrir, um rapper que sabe o quão mudou a história do rap em Moçambique, e em simultâneo quer internacionalizar a sua carreira para além da lusofonia, sendo tudo feito no máximo possível do silêncio. ​
  • Até então, é uma das vozes que bem representou o país no Coke Studio Africa, quando da sua participação não se sente a perca de identidade, mas sim, uma apresentação de como é feito o rap em Moçambique, apresentando também algumas marcas da identidade cultural.

  • Através da sua escala rimática, transforma qualquer beat em algo inigualável, levando com que tantos homens ou mulheres ouçam e gostem dele e das suas composições.
  • Não se preocupa muito com a sua maneira de vestir, não se importa com o que os outros pensam.
  • É um dos, se não o único, rapper moçambicano com um site em constante actualizações, onde são disponibilizados todos seus últimos trabalhos, e é tudo feito pelo próprio rapper.
  • Conta com um fã clube consistente e que a cada ano, realiza um encontro para celebrar a sua arte e vida, e no mesmo.
  • Diferente de muitos músicos moçambicanos, não espera que um artigo sobre seu trabalho seja publicado por blogues internacionais para a partilha nas suas redes.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *