Carta Aberta Para MC Roger: “Falta de Comparência No Programa Alta Tensão da TVM”

Carta Aberta Para MC Roger: “Falta de Comparência No Programa Alta Tensão da TVM”

- in Opinião
0

Por José Carlos Maria Xpião

Antes de rabiscar sobre o pano de fundo supracitado quero endereçar as minhas sinceras saudações, que envio extremamente decepcionado com a sua figura.

Ilustre, tenho acompanhado vários programas de entretenimento moçambicano, com maior destaque para os de música, e na semana passada assim como nesta acompanhei no Alta Tensão que kota MC estaria lá para desfilar a sua classe.

Com toda curiosidade, ansiedade e esperança, fiquei atento a programação da nossa TVMãe para acompanhar a eloquência do “patrão” de Moçambique, mas mais do que isso ve-lo a cantar exibindo aqueles passos que dispensam qualquer tipo de apresentação.

Na semana transata não foi, hoje aconteceu o mesmo alegou imprevistos, tudo bem que coisas imprevisíveis podem cruzar o caminho de cada um de nós, porém a minha preocupação surge a partir do momento em que a desmarcação foi feita momentos antes da sua entrada.

Kota, assísto os seus filmes há anos mesmo assim não deixei nem deixo de ser fã da marca MC Roger, mas “sabotar” duas vezes o mesmo programa semanas consecutivas é exagero, explique bem essa falta de comparência porque isto parece uma sequência de falta de consideração com seguidores/fãs e a própria TVMãe.

Havia muitos telespectadores com saudades da sua apresentação na tela atentos para assístir aquele programa, acredito que estão bem irritados com essa brincadeira do gosto mau.

Isto é como um jogo de futebol, quem tem dois amarelos a terceira vez recebe cartão vermelho, nesta ordem de ideia, se Alta Tensão aplicar-lhe essa sanção, não passar seus vídeos, negar a sua presença durante algum tempo, estará a educar a si e outros artistas.

Kota, o telespectador não vai entender essa actitude ainda que você tenha motivos fortes, na mente de quem ficou em casa disposto para assístir MC Roger, e nem aconteceu, viu-se colocado areia nos olhos.

É má táctica de gestão das relações públicas e marketing, os seus públicos aos poucos vão abandonar o barco antes que vire filme de Titanic, se é que ainda não é.

Margarida Kunsch na sua obra obtendo resultados em Relações Públicas afirma:

“Quando uma entidade individual ou colectiva começa a apresentar comportamento não claro nas suas acções corre o risco de perder credibilidade perante seus públicos”

Ilustre, não preciso de tecer mais comentários em relação a isso pois Kunsch deixa bem claro na sua explanação, procura tomar posição e esclareça essa situação.

A terminar, quero agradecer pela atenção que quisera me dispensar.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

“Programas de música estão a produzir cantantes”- José Xpião

A música moçambicana no século XXI tem ocupado