Carta Aberta à TVM: “Sumisso” do programa “Alta Tensão”

Carta Aberta à TVM: “Sumisso” do programa “Alta Tensão”

- in Opinião, Televisão

Por: José Carlos XPIÃO

Carta Aberta à TVM (Att: Faruque Sadique)

Assunto: “Sumisso” do programa “Alta Tensão”

Ilustre Presidente do Conselho de Administração da TVM-EP, dr Sadique, o “The Boss” da nossa Televisão Pública. Antes de debruçar em relação ao assunto supramencionado, queira acolher as minhas saudações cordiais.

Tenho acompanhado a vossa grelha de programação há muitos anos, aliás, ainda quando o senhor estava nos gabinetes e estúdios da Rádio Moçambique-EP e tenho feito com muita cautela este acompanhamento, pois sou um telespectador assíduo da emissora.

O mundo e incluindo Moçambique regista casos elevados da Covid- 19 todos os dias.com relatos de mortes e recuperações, tanto é que desde Março, a TVM-EP transmitia de Segunda à Sexta-feira a situação do nosso país com detalhes, entre 16 e 17 horas, horário do programa “Alta Tensão”.

Nas primeiras semanas, era compreensível uma curta interrupção, afinal, a pandemia era uma grande novidade na nossa realidade e tínhamos que rastrear de todas as formas possíveis para evitar estragos futuros, mas ao longo do tempo, os “directos” a partir do Ministério da Saúde, foram reduzidos a dois dias.

Quando houve essa redução, confesso que fiquei na expectativa de ver e ouvir “Alta Tensão”, no meu Televisor, old school, corcunda, num cruzamento de pernas, na minha esteira, enquanto como amendoim torrado e mandioca fervida, porém, todas as expectativas foram baleadas, assadas, regadas a tiros, e metralhadas, tal como a vida daquela senhora lá em Cabo Delegado, que falta de sensibilidade.

Falta de sensibilidade também teve a TVMãe ao tirar, retirar, remover, rasgar do ar um dos melhores programas (“Alta Tensão”).do ar, sem nenhum aviso prévio aos fãs, seguidores, amantes e telespectadores daquele espaço que muito educava-los, entretinha-los e animava-los. Essa é má táctica de jogo, mais ainda numa altura em que as pessoas passam mais tempo em casa para se prevenir da Covid-19 e aquele seria também um espaço/tempo para Puto Aires deixar mensagens de sensibilização, pois, ele sabe comunicar com a Malta jovem e não só.

Ilustre, estamos praticamente na recta final do ano, e existem muitas perguntas pontuais, ora vejamos:

1. Quando é que o programa Alta Tensão voltará ao ar?

2. Qual e, é o paradeiro do Apresentador, Aires Joaquim Filipe Cossa (Puto Aires)?

3. Está feliz com a programação da TV que dirige?

4. Quando é que vai se dar conta de que a TVMãe é uma emissora parada no tempo?

5. Não sente vergonha com o parasitismo da nossa Televisão Pública?

6. Será que os princípios (Missão, visão e valores) norteadores da TVM-EP estão a ser cumpridos?

Ilustre, os tempos são outros, o.game está muitíssimo agressivo no mundo da comunicação social, em particular na Televisão, e nós neste lado de fora, conseguimos notar que a nossa TVM-EP. está a levar “txaia, socos, kunuca, porrada, tabelas fortes” com as TV’s privadas.

Espero que nas novas instalações a dinâmica seja outra, como sabe e melhor do que eu, estamos a caminho da era digital, pelo que, o pensamento e as acções devem acompanhar as mudanças tecnológicas e sociais.

A terminar, quero recordar que a comunicação (Televisão) para o caso do pano de fundo, deve educar, informar, vigiar o território e.entreter.

Este último ponto () a TVMãe está a falhar, no meu entender, precisa de restruturar com muita atenção, porque para além de perder audiência, não terá divisas fora do que vem do estado.

Obrigado pela atenção dispensada, subscrevo-me com elevada estimada.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *