ARPAC inicia processo de reforço do acervo histórico e cultural do país

ARPAC inicia processo de reforço do acervo histórico e cultural do país

- in Notícias

O Instituto de Investigação Sócio Cultural, ARPAC, pretende reforçar o acervo histórico e cultural do nosso país, através do registo de histórias de vida de vários actores sociais.

Desta forma, o ARPAC iniciou na passada quinta-feira, 8 de julho, em Maputo, com uma série de entrevistas para o registo de histórias de vida de destacadas personalidades, de várias áreas do saber.

De acordo com a Rádio Moçambique, esta iniciativa enquadra-se no âmbito do Projecto Janela de Memórias, que segundo o Director Geral do ARPAC, Silva Dunduru, os registos estarão disponíveis para vários fins como pesquisas, para a posteridade, entre outros. 

A encenadora Manuela Soeiro é a primeira entrevistada do Projecto Janela de Memórias, numa série de entrevistas que vai abranger várias personalidades, como Filimone Meigos, Wazimbo, Ungulani Ba Ka Khossa, entre outros.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *