Obras de Malangatana em exposição nos Estados Unidos

Obras de Malangatana em exposição nos Estados Unidos

- in Notícias

Malangatana Valente Ngwenya morreu há 10 anos. Entretanto, partiu apenas o homem. A obra, essa, ficou e continua a ser apreciada. Por isso mesmo, no próximo dia 21, o Instituto de Artes de Chicago, nos Estados Unidos de América, vai inaugurar uma mostra com as obras do falecido artista moçambicano, que deverá ser apreciada pelo público até 5 de Julho.  

Intitulada Malangatana: Mozambique Modern, a exposição individual resulta de uma parceria exclusiva entre a Fundação Malangatana Valente Ngwenya e a Galeria MOMO. E esta será a primeira vez que as obras do artista serão exibidas no Instituto de Artes de Chicago. Por essa razão, do lado dos organizadores, há um sentimento de muita satisfação, pois os interessados terão a oportunidade de apreciar parte de um espólio privado.

Além disso, o facto de a exposição poder acontecer no Instituto de Artes de Chicago satisfaz à Fundação Malangatana Valente Ngwenya pela visibilidade internacional que aquela instituição possui. Segundo Mutxhini Ngwenya, o Presidente da Fundação e filho de Malangatana, é igualmente encantador levar as obras aos Estados Unidos porque esta será a primeira exposição individual de um pintor africano moderno no Instituto de Artes de Chicago, que muito se comprometeu com o tratamento, restauro e conservação das obras levadas de Moçambique para serem lá expostas.

Campanha Maningue nice

Com efeito, as mais 40 peças a serem exibidas a partir deste mês incluem pinturas a óleo e desenho, sendo que foram concebidas entre 1959 e 1975. Referindo-se às mesmas telas, Mutxhini Ngwenya frisou que as peças demonstram a evolução técnica, temática e da narrativa de Malangatana, que foi crescendo com as vivências e experiências reais do artista, inclusive as enfrentadas na prisão da PIDE: “Naquelas telas está um período particular e marcante da vida de Malangatana e de Moçambique. As telas incluem desenhos com temática forte, carregadas de um conjunto de situações que caracterizam a vida dos moçambicanos”.

Portanto, a exposição individual traz uma abordagem dos contextos em que Malangatana embarcou em ousadas experiências formais e pintou o mundo em rápida mudança ao seu redor, convidando os apreciadores das artes plásticas a considerar o seu desenvolvimento artístico como parte e parcela do surgimento da arte africana moderna, como anota a Fundação Malangatana Valente Ngwenya.

O Instituto de Arte de Chicago é um museu com notáveis e diversificadas colecções mundiais. Foi fundado em 1879 e é um dos mais antigos e maiores museus de arte dos Estados Unidos.

Fonte: Opais

About the author

Te deixamos informado de tudo sobre os famosos moçambicanos e o que acontece no mundo de Entretenimento em Moçambique.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *