Coke Studio Africa e Coke Studio South Africa unem-se pela primeira vez

Coke Studio Africa e Coke Studio South Africa unem-se pela primeira vez

- in Televisão
0

Depois de uma temporada memorável em 2016, o Coke Studio África está prestes a trazer ao público a estreia da sua nova edição que promete, como sempre, um maravilhoso espectáculo de fusão musical. Para 2017 teremos uma vez mais combinações musicais de artistas provenientes das mais diversas partes do continente. 

Com estreia prevista para Agosto próximo, o Coke Studio deste ano, será pela primeira vez, uma união do Coke Studio Africa e do Coke Studio South Africa que juntos se irão transformar num só Coke Studio Africa 2017 muito maior e melhor.

Nesta edição o número de países participantes voltou a aumentar, perfazendo um total de 16 (mais 5 que na edição anterior). Esta temporada será transmitida em mais de 30 países africanos. A produção inclui agora artistas da África do Sul, Ruanda, Angola, Zimbabwe, Zâmbia, Madagáscar, Maurícias, Quénia, Uganda, Tanzania, Nigéria, Gana, Moçambique, República Democrática do Congo, Etiópia, Camarões, Costa do Marfim e Togo.

O Coke Studio Africa apresenta a incrível música Africana, combinando diferentes artistas e géneros para inspirar uma nova geração de fãs da música Africana. Com a ampliação do show, pretendemos trazer vida ao continente através de uma fusão de música e cultura que celebra a nossa diversidade”, disse Monali Shah, Senior Content Excellence Manager da Coca-Cola Southern and East African Business Unit e Directora de Projecto do Coke Studio Africa.

A música é o pulsar e a essência de diversas comunidades por toda a África. Desde o Bongo ao Kwaito, Lingala e outros géneros de todo continente, o Coke Studio Africa tem vindo a promover a divulgação de todos estes diferentes estilos musicais a novas comunidades pela primeira vez, enquanto mantém a tradição da Coca-Cola em apostar na música como aliada das suas marcas”, acrescentou.

Tal como nas edições anteriores, o Coke Studio pretende inspirar e apresentar talentos musicais africanos a uma maior audiência, dando-lhes maior exposição através da interacção e colaboração entre artistas ao mesmo tempo que constrói uma forte conexão entre a marca e o público jovem Africano.

Janine Viseu, Brand Manager da Coca-Cola em Moçambique, antevê mais uma temporada de sucesso, onde existe novamente a oportunidade de divulgar por todo o continente talentosos artistas, explorando ao máximo a nossa diversidade cultural Africana: “A música sempre foi o espírito e o pulsar de África, mas a Internet, as redes sociais e a criatividade agora divulgam os artistas desde as suas comunidades e cidades, permitindo que os mesmos possam alcançar audiências por todo o continente apoiados por iniciativas como o Coke Studio Africa”.

O início da transmissão do Coke Studio Africa 2017 está previsto para Agosto nos mercados da África Austral e Central e a partir de Setembro na África Oriental e Ocidental. Ao longo do show, os músicos, juntamente com a talentosa banda da casa, irão apresentar todas as semanas novas músicas, que serão produzidas por nomes locais e internacionais.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

Mr Bow, Liloca e Shellsy Baronet representam Moçambique no Coke Studio Africa 2017

Como é habitual, o Coke Studio Africa volta