CCMA lança Curso Online de Digitalização para Mulheres em Maputo

CCMA lança Curso Online de Digitalização para Mulheres em Maputo

- in Eventos, Notícias
O Centro Cultural Moçambicano-Alemão (CCMA), em parceria com a Câmara de Comércio Brasil-Alemanha e o Gabinete para o Fomento Económico Moçambique-Alemanha lança esta quinta-feira, dia 13 de Fevereiro, às 10h00, na Galeria do CCMA, o Curso Online de Digitalização para Mulheres. 
Denominado “Women Going Digital”, o projecto está voltado às mulheres, sejam empregadas assim como não, que desejam ser treinadas em plataformas contemporâneas relacionadas à digitalização com o objectivo de aumentar o número de mulheres que trabalha na área das tecnologias de comunicação Gabinete para o Fomento Económico Moçambique-Alemanha e informação e, sobretudo, melhorar as oportunidades de empregabilidade e realocação profissional.
O conteúdo principal do curso, com duração de 40 horas, é denominado “Pensadores digitais”, onde se faz a contextualização e introdução do conceito “digitalização”, com 16 tópicos, só para citar alguns: O profissional do futuro, Inovação e gestão da inovação, Empreendedorismo e startups, Métodos ágeis, Tecnologias disruptivas e modelos de negócios inovadores, Integração vertical e horizontal, Internet das Coisas, Automação e robótica e Sistemas ciber-físicos. Através de vídeos, textos, infografias e podcasts, estas matérias serão ministradas pela Câmara de Comércio Brasil-Alemanha e especialistas convidados.
A outra fase, já com 80 horas, diz respeito às ferramentas relacionadas com a digitalização propriamente, casos de Sistema Integrado de Gestão Empresarial (ERP), Gestão de Relacionamento com o Cliente (CRM), Gestão da Cadeia de Suprimentos (SCM), entre outras. Esta fase de formação será aplicada por empresas com instrumentos
disponíveis e só elas, ainda não especificadas, irão definir com precisão os formatos a usar. Para a participação no concurso é necessário o preenchimento de um formulário, onde figuram questões como faixa salarial, ocupação, escolaridade, língua, entre outras. 
Quanto aos critérios de classificação, por outro lado, é necessário o cumprimento dos pré-requisitos, a frisar: ser mulher, ter ensino médio completo e ter noções de língua inglesa; a condição para participar de um curso semelhante; a análise do formulário de inscrição e a condição para seguir o curso, nomeadamente educação, treinamento, outras qualificações, idioma e outros conhecimentos e a análise do formulário de registo e prova de conhecimentos gerais.
“Women Going Digital” assemelha-se ao Createc, um projecto também implementado pelo CCMA, em parceria com o Gabinete para o Fomento Económico Moçambique-Alemanha (AHK), a Embaixada da República Federal da Alemanha e o Standard Bank (Incubadora), que durante ano passado formou cerca de 100 jovens através de oficinas sobre empreendedorismo digital e criativo, com a visão de desenvolver projectos geradores de renda que contribuíram para o desenvolvimento de estruturas sustentáveis, particularmente devido à profissionalização e, por essa via, aumentar a qualidade do desenvolvimento de produtos no sector criativo.

About the author

Te deixamos informado de tudo sobre os famosos moçambicanos e o que acontece no mundo de Entretenimento em Moçambique.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *