Carta aberta para as celebridades moçambicanas, Por José XPIÃO

Carta aberta para as celebridades moçambicanas, Por José XPIÃO

- in Opinião
0

Antes de qualquer rabisco sobre o assunto supracitado queiram aceitar os meus cumprimentos que envio com total sinceridade, amor, carinho, gosto, entusiasmo mas com algum requinte de melancolia.

Ilustres, tenho acompanhado com muito cuidado a actuação comportamental de diversas celebridades que brilham em áreas distintas, porém darei foco aos artistas e apresentadores de Televisão assim como Rádio.

Notei que algumas figuras públicas não sabem se portar como o status exige pois são arrogantes como diria um Professor meu falta-lhes 2H, portanto, honestidade e humildade aspectos fundamentais na vida de um ser humano, principalmente quando este é visível na esfera pública, há que prestar muita atenção nas suas actividades.

A falta de higiene no comportamento de alguns acaba culminando na deficiência línguistica pelo que fazem pronunciamentos não católicos nas redes sociais e não só, isto me irrita porque insultam os familiares, amigos, fãs e os públicos que habitam nesta Pátria Amada, francamente, haja vergonha na cara e sejam exemplares.

Esfregam-se com amantes em público enquanto são casados, bebem de qualquer maneira que até precisam de ser arrastados para casa, que mensagens querem passar para as vossas famílias e a sociedade?

No que concerne a gestão profissional, sinceramente é outra decepção um verdadeiro vexame que deixa a desejar visto que muitos mal sabem gerir as oportunidades do cotidiano. É nostálgico, estressante, irritante, inaceitável ter que presenciar o vosso sofrimento e de suas famílias devido a má manipulação dos recursos que vocês ganham só porque canalizaram/canalizam o tako para as drogas, txiling’s e prostituição, no fim das contas virão à ribalta reclamar lançando pedras de Namaacha nas costas do governo, instituições públicas e privadas assim como aos cidadãos, manos e manas se organizem, estou cansado de escutar adultos querendo Cerelac toda hora enquanto deviam estar a comer Xima com Mathapa, Feijão, e Carapau frito.

Como é que se justifica um artista bem posicionado na sociedade a fechar grandes boladas envolvendo somas iguais ou superiores a 7.000.000 MT e ainda continuar um desgraçado que nem se quer uma cabana de colmo tem?! Se não são bons gestores procurem pessoas que compreendem a matéria e trabalhem com elas, assim estarão a diminuir a falta de emprego mais também terão carreiras bem encaminhadas saíndo do carreiro em que muitos se encontram, aliás, Assessores, Adidos, Agentes de Relações Públicas e Marketing não faltam no país.

Uma celebridade é uma marca que arrasta milhões de seguidores desde crianças até idosos daí que é necessário evitar comportamentos florestais, selvagisticos, estupefaçoícos e esdruxúlos. A fama não é para doentes emocionais, como diria meu amigo Cabeçudo/2Head “se não aquenta apantuna”.

A terminar, quero desejar sorte e festas felizes para todos!

(Visited 1 times, 1 visits today)

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

Carta aberta para Liloca, assunto: Música “Tsova”

Por: José Carlos Maria Xpião Assunto: Música “Tsova”