Biografia da Neyma Alfredo

Biografia da Neyma Alfredo

- in Biografias

Neyma Alfredo é uma cantora moçambicana de Marrabenta e Zouk, nascida a 6 de Maio de 1979, em Maputo.

A paixão da Neyma pela música começou em tenra idade. Conhecida ao longo da sua infância entre a família e os amigos como uma menina com um sonho, a sua carreira teve seu primeiro pontapé quando foi descoberta no concurso musical “Fantasia“, onde conquistou o segundo lugar.

Depois de vários anos aprimorando suas habilidades de palco e canto, seu segundo grande avanço foi quando teve a chance de gravar seu primeiro álbum. Em 1999, seu primeiro álbum intitulado “Brigas“, foi lançado e contou com os singles populares “Brigas”, “Mae Virtude”, “Mais Bela” e o hit clássico “Praia Feliz”, que recebeu grande apoio dos fãs e gerou grande publicidade para o álbum.

O sucesso do álbum “Brigas” a levou Neyma a lançar os seus álbuns subsequentes, “Baila“, em 2000, e “Renascer“, em 2001. Finalmente, em 2005, teve o seu terceiro avanço com o lançamento de seu terceiro álbum intitulado “Arromba“. Neyma foi lançada para os holofotes internacionais, e finalmente, vista como uma grande estreia da música em Moçambique e na lusofonia. Depois de se tornar platina, “Arromba” ainda é seu álbum mais popular até o momento, tendo vendido mais de 40.000 cópias somente em Moçambique e mostrando uma excelente venda internacional, tendo sido bem recebido em Angola, Cabo Verde e Portugal. O álbum apresenta o auto-intitulado single “Kizomba, Arromba”, que acabou sendo o hino do verão de 2005.

Em dezembro de 2006, Neyma lançou o 5º álbum da sua carreira, intitulado ‘Idiomas‘, que conta com vários singles favoritos dos fãs, como ‘Numawanga Yuwi’, ‘Xilhamaliso’ e ‘Lirandzo’, que tornou-se uma das músicas mais populares do ano seguinte, em 2007.

Em 2009, lançou seu sexto álbum, “Neyma 10 Anos“, comemorando seus 10 anos na indústria musical moçambicana. O seu single de sucesso ‘Ilusão’ é um dueto de baladas com o famoso artista internacional Grace Evora, ganhou o prêmio de “Melhor Música do Ano” no Mozambique Music Awards de 2010, onde também foi premiada como “Melhor Artista Feminina”.

O hit ‘A Hi Dzimeni’ é uma música no estilo marrabenta, que se tornou o hino da emancipação das mulheres e do movimento agrícola no país. No MMA de 2011, ’10 Anos ‘foi premiado como “Álbum mais vendido”.

Em 2012, Neyma lançou seu grande hit, “Como Anima a Marrabenta”, que ganhou prêmios no Mozambique Music Awards em 2013. Em 2014, Neyma foi convidada a participar do Coke Studio Africa, onde colaborou com Phyno, da Nigéria, e mais tarde em um especial edição com Wyclef Jean, onde colaborou com ele em uma versão especial de sua música “Divine Sorrow” pela luta da Campanha RED contra o SIDA. Também em 2014, ela também foi nomeada Embaixadora Nacional da Boa Vontade da UNICEF. Também realizou um grande concerto de duas horas e televisionado nacionalmente para comemorar seus 15 anos de sucesso como uma das estrelas musicais da África e aproveitou a oportunidade para lançar  o seu CD especial de dupla compilação, “Neyma Greatest Hits”, que já está no caminho de ser um best-seller.

Neyma também voltou pela terceira vez ao Coke Studio Africa em 2015, desta vez colaborando com a Olamide da Nigéria. Neyma também lançou o seu primeiro vídeo infantil intitulado “Parabéns”, e está preparar novas produções musicais feitas para crianças.

O ano de 2015 também trouxe a Neyma mais reconhecimento internacional, depois de ganhar o prémio de “Melhor Artista Feminina” dos PALOPs no African Entertainment Award EUA, pelo voto mais popular.

Fonte: NeymaMusic.com

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *