16 Pandzas que podiam internacionalizar Moçambique

16 Pandzas que podiam internacionalizar Moçambique

- in Música, Opinião, Top
1

Por: Bathist Dmc Da Siderurgia*

Amigos e Amigas vos saúdo, debater sobre música para mim é uma rotina viciante, qualquer que seja o estilo, mercado, fazedores, enfim tudo que gira em torno da música também me faz girar.

Há algum tempo atrás estive conversando com um amigo sobre o Pandza. De quando em vez nos propomos a animar algumas baladas familiares por ai. Enquanto conversavamos também escutávamos (Pandza), improvisando um daqueles nossos mixs de ensaio com recurso a todas manipulações que o Virtual Dj nos proporciona. 

Quando cheguei a casa surgiu uma questão, será mesmo que o Pandza a ter tido mais profissionalização não poderia voar e causar estrondo no polo norte? Para la dos Paises baixos, Belgica,Inglaterra? Que me perdoem os anti-Pandzas, idealizei a análise sem qualquer preconceito. 

DEFINIÇÃO

Pandza e/ou Dzukuta é um novo género “musical” urbano nascido da simbiose do ritmos moçambicanos Marrabenta e Xitchuketa e ritmos estrangeiros como o americano Rap, o jamaicano Ragga ou o sul-africano Kwaito. 

Definição tirada In – http://magusdelirio.blogspot.com/

CONTEXTUALIZAÇÃO

O Pandza/Dzucuta, surgiu como resposta a afirmação recorrente de que os jovens moçambicanos estavam alienados culturalmente e so sabiam cantar ritmos estrangeiros(passada,rap,ragga etc) e também da necessidade urgente de encher as pistas de dança, discotecas,salões, com musica genuina moçambicana. 

O Pandza entrou “Agredindo” o mercado de musica moçambicana, com uma bandeira totalmente de jovens,explorando batidas e melodias alegres,dançantes e sensuais, sufocando outros estilos musicais existentes. Em pouco tempo, o Pandza ganhou holofotes em radios, tvs, festas e locais de diversão tendo facilmente se tornado musica “popular”. Devido a necessidade de “bater” como se diz na gíria, o Pandza teve sempre o bit(instrumental) e a dança como seu forte e em contrapartida também sempre sofreu de síndrome de fraco conteúdo de mensagem.

Em qualquer pais, a musica popular significa identidade, um estilo comercialmente viável, capaz de vender a imagem e cultura dum povo, e faze lo atravessar fronteiras longínquas representando o pais afora. 

Neste contexto de Pandza como musica popular, comercial e massivamente consumida, me proponho a publicar esta lista de 16 musicas pandzas, que na minha óptica estiveram mais perto da coerência musical, em termos de qualidade de Composição musical, e conteúdo de letra. Atenção: O meu critério não foi pelo “bater”, nem pela audiência, foi pela produção e conteúdo(letra) em simultâneo. 

Se fosse para fazer uma Tour de Pandza pelo mundo, com este repertório de pandzas, um bom trabalho de banda, bailarinos , coreografia , não iam eles de certeza também pelo mundo afora “BATER”???

  1. Zico da Silva – Terezinha.

Este de certeza é um hino que ajudou a dar parto ao Pandza invadindo todas matinés dançantes e festas jovens, com um fundo de guitarra típico de Marrabenta, este é da Golden era do Pandza, Terezinha até hoje bate. 

  1. Dj ardiles ft Nstar – Boss. 

Este pandza surpreendeu, teve uma grande produção do Dj Ardiles e o conteúdo positivo, reflete o quotidiano do trabalhador Moçambicano, sem deixar de transmitir esperança nem aquela alegria Pandzeira que gostamos nas nossas pistas de dança.

  1. Zico & Gabriela – Ngoma ya uxaca.

Esta musica foi um renascer do Pandza maduro, apresenta um excelente duo de vozes(Gabriela e Zico), combinação perfeita, pronto a dar a consumir até as nossas masseves, uma composição impar resgatadora das raízes, valida como produto cultural moçambicano e super dançável. 

  1. Lizha James ft Dama do Bling – Aniguiri(Estas a Gingar).

Aniguiri ya esta musica leva-nos de volta a aqueles tempos da Bang Entretenimento em que a Lizha e a Dama do Bling traziam uma energia impar, um bit sweggeiro como elas, retratando o que acontece quando se atinge o sucesso e se é famoso, ja imaginaram Aniguiri ao vivo com elas na Holanda(damage)?

  1. Lizha James ft Zico – Mina ni Randza Wena.

Aqui temos que aceitar que o Rei e a Rainha(ou ex) do Pandza se encontraram foi um boom, logo a primeira audição foi tic tac um dos pandzas mais bem produzidos e cantados, sim senhora um Hit, quem nunca usou este pandza para engatar ou impressionar a sua Terezinha na balada que atire a primeira pedra.

  1. Lizha James ft Denny O.G – Nuna wa Mina.

Aqui temos a Lizha se pondo no lugar da mulher comum moçambicana reclamando direitos e Amor do marido ,o facto da musica ter sido cantada em xangana dá um brilho especial a musica, com animação do Denny O.G o bit bem executado e cantado, dançável em muitas das nossas cerimonias. Carrega uma mensagem forte da afirmação da mulher moçambicana, experimente por numa festa onde há mulheres e verá.

  1. Marlene – Nita Txada na wena.

Este Pandza saiu com tempero de Kwaito, foi um renascer na carreira da Marlene, uma produção inédita muito bem sucedida, vibrante,no seu estilo único de cantar e dançar, sentindo chegar os ventos do seu mutxado e transparecendo essa alegria e melodia no som é só por ao vivo ta aprovada.

  1. Mc Roger ft Zico – Moçambicano quer só dançar.

Yah este é daqueles sons Pandza mesmo, Mc Roger no seu estilo característico de letras de animação, estatuto, curtição, porém nesta musica apresentando uma letra algo encorajadora e motivadora aos moçambicanos, sem fugir daquelas rimas eléctricas que nos acostumou, com o Zico nos coros e canto, um bit a medida dos dois, mais um sucesso na pista de dança, imaginem Portuguesas a dançar isto…

  1. Edu – Kutchu Kutchu

Confesso que procurei esta musica do Edú, tem vídeo, mas não encontrei, praticamente não tem na Google, nem blogs, nem youtube, peço desculpas se fui negligente ao procurar, para ser sincero pedi a alguém que me confirmasse o título da música através do meu canto, espero ser esse mesmo o titulo. Quanto a musica está de parabéns, bit de alta produção, melodia típica ao estilo de Edu, com umas marimbas inspiradas na musica ligeira Moçambicana, dos melhores cantos que ja ouvi Edu fazer, é um smash Hit, precisa de mais divulgação merece ir a Torne este Pandza ia “Mpamar”.

  1. Zico ft Lizha James – Fofoqueira

Mais um Zico e Lizha Fofoqueira, este bit é pandza mesmo, ritmo bem proporcional as ancas das moçambicanas, super produção, a musica critica de uma maneira suave e dançante sobre um velho habito que alguns tem, o de fofocar, espero que a carapuça não lhe sirva, é mais um sucesso na pista de dança.

  1. Zico – Chamadinha

Quem não se recorda de Chamadinha? Esta musica também faz parte do inicio do Pandza, começou a notar se neste bit as características de produção dum bit pandza, esta musica marcou muitas festas, e teve muita aceitação e popularização, acho que a ideia do Maboazuda aqui, era tornar as mulheres espertas as chamadas dos homens, pega essa Chamadinha baby.

  1. Lizha ft Denny O.G – Nita mukuma Kwini

Lizha James e Denny OG se cruzam aqui, mais uma vez Lizha encarna o quotidiano da mulher moçambicana, pouco valorizada, a procura dum lar feliz, nesta época muitas mulheres moçambicanas escreveram letras a falarem dos maridos, a musica contou com o pandzeiro Denny OG no backing vocals, coros e animação, este penso que foi dos pandzas mais tocados após o lançamento, deve ser pela autenticidade da letra.

  1. Mega Junior ft Doppas – Menina

Esta música também faz parte da época inicial do pandza, nesta época parte considerável de reppars moçambicanos começam a cantar o estilo do momento (Dzucuta), Mega Jota terá se afirmado no Pandza com esta música, com produção do Dj Ardiles, foi também bastante dançada e divulgada, foi um sucesso, contou com o coro bem afinado do Doppas.

  1. Xtaca Zero(Nstar, Jp, Cara Cara) – Xitchuketa

Este Pandza vem do Manager da Fabrica de Bits, Nstar um dos criadores do estilo, aqui com Xtaca Zero nos leva de volta aos tempos de Xitchuketa, esta produção é inspirada pelo Xitchuketa também faz parte do tempo da Golden era do Pandza, quem não dançou Xitchuketa nos tempos? A produção é autentica Nstar on Fire, Jp e 2 Caras na cobertura(lirics), Xtaka Zero acrescenta ao Dzucuta um lado humorístico, dançaristico, característico, e aqueles coros que so Nstar executa bem. Este bit teve um enorme sucesso, e divulgação ate hoje agita, o conteúdo é claro você dança Xitchuketa sucesso na pista de dança.

  1. Zico – Vantagem Moçambicana

Aqui foi 10 – 0, Da Silva aqui andou fora de si, este Pandza PANDZA, temos aqui Êxtase de produção, uma Guitarra e ritmo proveniente do Marrabenta, um compasso pronto a dzucutar, marrabentar, as ancas sensuais das bellas ragatsas moçambicanas, um coro enérgico, o conteúdo da letra representa aquela alegria que o moçambicano tem de festejar, txilar,e dançar com a malta, este é um hit pa. Não toque esta perto de mim, sob pena de descobrir meus pontos fracos.

  1. Dj Ardiles e M. Kuka – Screen Shot

Para este Pandza fazer parte da Lista confesso, tive que quebrar as minhas regras, Screen shot é produção Rica inquestionável, forte tal como este período de actividade da Republica do Pandza, o Screen shot aborda o nosso Feedback com as redes sociais(Fb, Instagram, whatsaap etc), tem nota 20 na produção, animação, nota 20 coro,o conteúdo da letra quanto a mim merece passar por um melhoramento, dai quebrei as minhas regras,mas acho que esta produção foi tão boa e presente que merece a lista. Valeu RDP eu aprovava esta para Torne, mas antes passava pela minha inspecção e devida correcção pontual na letra.

NOTA: Lamento Bastante a ausência das PussyCat (Lena e Tuchana) na lista, Agora ya eishh…

 

Fonte: http://magusdelirio.blogspot.co.ke/2015/08/16-pandzasdzucutas-que-podiam.html?m=1

Facebook Comments

1 Comment

  1. Esqueceu se do Mr Denny K, Sizer Boss e por ai fora… Porque repetir

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may also like

Dj Ardiles lança nova música intitulada “Anti-Chula”

Caminhando a passos largos para a terceira edição